Verstappen domina na Grã-Bretanha e lidera o Mundial de Fórmula 1

Notícias do Mundo

Max Verstappen, piloto da equipe Red Bull, conquistou uma vitória histórica no Grande Prêmio da Grã-Bretanha de Fórmula 1. Com essa vitória, a equipe igualou o recorde de 11 vitórias consecutivas da McLaren.

Verstappen largou na pole position, perdeu a liderança na largada, mas a recuperou na quinta volta. Ele cruzou a linha de chegada em 1:25.16,938 horas, conquistando sua primeira vitória no circuito britânico. O piloto britânico Lando Norris, da McLaren, ficou em segundo lugar, a 3,798 segundos do líder, enquanto Lewis Hamilton, também britânico e da equipe Mercedes, terminou em terceiro, a 6,783 segundos de Verstappen.

Esta foi a décima corrida da temporada, apesar de ser a 11ª do calendário devido ao cancelamento do Grande Prêmio da Emilia Romagna, em maio. Com essa vitória, Verstappen fortalece sua posição como líder no campeonato mundial de Fórmula 1.

Fonte: Eurosport


A equipe Red Bull continua sua impressionante sequência de vitórias consecutivas desde o final da temporada passada, em Abu Dhabi, totalizando agora 11 triunfos consecutivos. Esse feito iguala o recorde anteriormente detido pela McLaren desde 1988.

Max Verstappen, ao comentar sobre a corrida, destacou a conquista das 11 vitórias consecutivas como algo incrível para a equipe. No entanto, ele enfrentou dificuldades durante a corrida, começando pela falta de tração de seu carro no início, o que o fez perder a liderança para Lando Norris e quase perder o segundo lugar para o piloto australiano Oscar Piastri, ambos da McLaren.

Fonte: UOL

Apesar de um começo desafiador, Max Verstappen mostrou seu espírito combativo e conseguiu manter sua posição, aquecendo os pneus durante as primeiras voltas. Na quinta volta, ele ultrapassou Lando Norris sem grandes dificuldades.

A partir desse momento, Verstappen não perdeu mais a liderança nem o controle da corrida, mesmo quando o motor do Haas de Kevin Magnussen quebrou e o safety car entrou em ação.

“Tivemos um começo terrível e, após o safety car, colocamos pneus macios, que não funcionaram muito bem para nós”, explicou Verstappen ao final da corrida.

No entanto, o piloto bicampeão mundial não apenas venceu a corrida, mas também marcou a volta mais rápida, garantindo assim um ponto extra em sua pontuação.