Polícia Civil e Brigada Militar realizam operação e prendem 14 criminosos envolvidos em roubos de carros de luxo

Notícias Policiais

Na sexta-feira (7/7), a Polícia Civil em conjunto com a Brigada Militar realizou a Operação Leão, resultando na prisão de 14 suspeitos, incluindo dois em flagrante. A ação, coordenada pela Delegacia de Polícia de Repressão ao Roubo de Veículos (DRV) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), teve como objetivo combater uma associação criminosa armada envolvida em roubos de veículos, principalmente de luxo, na região de Porto Alegre e região metropolitana.

Foram executados 18 mandados de busca e apreensão nas cidades de Porto Alegre, Canoas, Alvorada, São Leopoldo, Gravataí, Cachoeirinha e Eldorado do Sul, além do estado de Santa Catarina. Até o momento, foram efetuadas 14 prisões, sendo 12 prisões temporárias e 2 prisões em flagrante.

A operação contou com a participação de cerca de 200 policiais, incluindo equipes operacionais de todas as delegacias do DEIC, DRACO Canoas, DRACO Viamão, além da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) do Rio Grande do Sul e da CORE da Polícia Civil de Santa Catarina.

Fonte: Prefeitura de Torres/RS


A Brigada Militar contou com o apoio dos policiais do Comando de Policiamento da Capital (CPC), por meio do 20°BPM, do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), através do 15°BPM (Canoas) e do Comando de Polícia de Choque, pelo 1°BPChq, durante a operação. O Instituto-Geral de Perícias (IGP) também colaborou nas investigações ao realizar perícias nos veículos recuperados.

De acordo com as investigações, desde o final de 2022, foram registrados casos de roubo de veículos cujo valor de mercado pode ultrapassar R$10.000.000,00 (dez milhões de reais). Ao longo das investigações, a maioria dos veículos foi recuperada pela Brigada Militar ou Polícia Civil logo após os crimes e devolvida aos seus proprietários.

Durante a operação, foram apreendidos um veículo com indícios de adulteração, uma motocicleta com registro de furto/roubo, 15 aparelhos celulares, 4 máquinas de cartão, 2 notebooks, uma espingarda de pressão e R$1.208,00 em espécie.

Fonte: ssp

Durante uma coletiva de imprensa, o secretário da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Sandro Caron, reafirmou o compromisso das forças de segurança em combater os crimes patrimoniais, incluindo os roubos de veículos. Ele destacou que o grupo especializado em roubos de carros de luxo foi preso graças à pressão operacional realizada pelas autoridades. Caron ressaltou que as ações de inteligência e integração entre as polícias serão continuadas para reduzir cada vez mais esse tipo de crime no estado. Ele enfatizou que os grupos criminosos que atuarem no Rio Grande do Sul serão detidos.

O Chefe de Polícia, delegado Fernando Sodré, enfatizou a estratégia da Polícia Civil gaúcha no combate aos roubos de veículos. Ele informou que o primeiro semestre de 2023 registrou uma redução de 15% nos casos de roubo de veículos em comparação com o mesmo período do ano anterior. Sodré destacou o compromisso da polícia em combater as organizações criminosas especializadas nesse tipo de crime.