Lira elogia postura de Tarcísio em relação à reforma tributária em conversa com Bolsonaro

Notícias Políticas

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), revelou nesta sexta-feira, 7, que entrou em contato com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) para esclarecer que a reforma tributária aprovada pertence ao Brasil como um todo, e não a um governo específico.

Lira explicou que fez a ligação para Bolsonaro sem emitir juízos de valor ou solicitar posicionamentos específicos. Ele ressaltou que a reforma tributária teve origem durante o governo de Bolsonaro, mas foi conduzida dentro do Congresso Nacional. Lira também destacou a conduta correta do governador Tarcísio em relação à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da reforma tributária.

Durante entrevista concedida a jornalistas nesta manhã, Lira afirmou: “Eu liguei para ele [Bolsonaro], sem fazer juízo de valor ou pedindo posicionamento, falei que essa reforma nasceu no governo dele, foi tocada dentro do Congresso Nacional, e que essa reforma era do Brasil. Falei a ele que o governador Tarcísio foi muito correto com o tratamento da PEC e que é um amigo que precisa, acima de tudo, ser preservado”.

Fonte: Câmara dos Deputados


Nos bastidores, o ex-presidente Jair Bolsonaro trabalhou para persuadir o PL a votar contra a reforma tributária. Essa atitude desencadeou um conflito entre Bolsonaro e o governador Tarcísio de Freitas, que expressou seu apoio à aprovação da reforma.

Fonte: Carta Capital

Durante a entrevista, Arthur Lira mencionou que teve uma conversa por telefone com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na manhã desta sexta-feira. Além disso, ele informou que também falou com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, durante a madrugada, para discutir a aprovação da reforma tributária.