Jaques Wagner rejeita lista tríplice para PGR e elogia Augusto Aras: “Prestou importante serviço ao Brasil”

Notícias Políticas

“Líder do governo no Senado, Jaques Wagner, elogia Augusto Aras e defende que a escolha do próximo procurador-geral da República não precisa seguir lista tríplice. Segundo o senador, Aras prestou importante serviço ao Brasil ao reduzir excessos em investigações anteriores, como a Operação Lava Jato. Wagner ressalta que a decisão sobre a PGR cabe ao presidente Lula.”

Fonte: Globo


“Embora Aras tenha sido alvo de críticas por parte de membros do PT devido a gestos interpretados como apoio a Jair Bolsonaro, o presidente que o indicou e o reconduziu ao cargo em 2021, o líder do governo no Senado, Jaques Wagner, elogiou o trabalho do atual procurador-geral da República. Wagner também afirmou que não está buscando um ministério e que está satisfeito com sua função como líder do governo.”

Fonte: Agência Pública

No domingo, 9, o procurador-geral da República, Augusto Aras, fez uma declaração nas redes sociais em que afirmou ter atuado para “desestruturar as bases do lavajatismo” ao compartilhar uma notícia sobre sua sucessão. Ele questionou se os membros da lista tríplice teriam a disposição necessária para enfrentar e desmantelar o que chamou de “lavajatismo”, enquanto eram alvo de críticas e denúncias por parte da imprensa. As declarações de Aras surgiram pouco antes das observações elogiosas do líder do governo no Senado, Jaques Wagner, em relação ao procurador-geral da República.