Eduardo Paes critica Jair Bolsonaro por desentendimento com Tarcísio de Freitas: ‘Comportamento autoritário e primitivo’

Notícias Políticas

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, defendeu o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, após o desentendimento com Jair Bolsonaro durante uma reunião do Partido Liberal. Paes criticou a postura autoritária e primitiva do ex-presidente e destacou a importância de respeitar o direito de cada pessoa agir pelo melhor interesse do Brasil e de seu estado.

Paes ressaltou que Bolsonaro não pode impedir o governador de São Paulo de tomar suas próprias decisões e expressar sua posição em relação à reforma tributária. Ele elogiou o presidente da Câmara, Arthur Lira, pela determinação em avançar com a votação da reforma e manifestou solidariedade a Tarcísio de Freitas, que foi eleito pelo povo de São Paulo para defender os interesses do estado.

Fonte: jovempan

O prefeito do Rio de Janeiro também afirmou que, embora tenha suas discordâncias em relação ao tratamento dado aos grandes municípios na reforma, isso não deve impedir a votação da proposta. Paes enfatizou que o interesse público deve sempre estar em primeiro lugar.

Fonte: iG

De acordo com interlocutores de Tarcísio de Freitas, parece que o assunto do desentendimento entre ele e Bolsonaro foi superado por ambos. Após o ocorrido, Bolsonaro chegou a procurar Tarcísio, mas o governador não quis conversar naquele momento, alegando estar com a cabeça quente devido ao episódio. No entanto, o ex-presidente reconheceu que cometeu um erro e procurou novamente seu aliado para marcar uma conversa.