31 de maio: Dia Mundial sem Tabaco – Promovendo um estilo de vida livre do tabagismo

Notícias do Mundo

No Dia Mundial sem Tabaco, celebrado em 31 de maio, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) se une a diversos órgãos e instituições de saúde em todo o mundo para apoiar a luta contra o tabagismo. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabaco é responsável pela morte de mais de 8 milhões de pessoas por ano. O seu uso continua sendo a principal causa de mortes evitáveis globalmente e um fator de risco significativo para o desenvolvimento de doenças crônicas, como câncer de pulmão, doenças cardiovasculares e diabetes.

Os benefícios de parar de fumar são inúmeros: em até 20 minutos após parar, a frequência cardíaca do ex-fumante tende a se estabilizar. Em 12 horas, os níveis de monóxido de carbono no sangue retornam ao normal. Após dois dias, o olfato e o paladar começam a se recuperar. Após três semanas, a respiração se torna mais fácil e a circulação sanguínea melhora. Após um ano, o risco de morte por infarto do miocárdio é reduzido em 50%, de acordo com dados da OMS.

A nicotina, presente em todos os derivados do tabaco, é considerada uma droga devido às suas propriedades psicoativas. Ao ser inalada, ela causa alterações no sistema nervoso central, resultando em mudanças no estado emocional e comportamental do usuário. Isso pode levar ao abuso e à dependência. A dependência de nicotina envolve tolerância, abstinência e comportamento compulsivo para consumir a substância, estabelecendo um padrão de autoadministração caracterizado pela necessidade tanto física quanto psicológica da substância, apesar do conhecimento dos seus efeitos prejudiciais à saúde, conforme informado pelo Ministério da Saúde.

Fonte: Wiki

Por outro lado, as pessoas que fumam enfrentam uma dependência química, o que significa que ao tentarem parar de fumar, elas enfrentam desconfortos físicos e psicológicos significativos que causam sofrimento. Isso pode levar a várias tentativas até que finalmente consigam abandonar o tabaco. Compreender o que acontece com os fumantes e suas tentativas de parar de fumar é fundamental para ter uma visão realista do problema.

Portanto, se você deseja parar de fumar, comece escolhendo uma data para ser o seu primeiro dia sem cigarro. Esse dia não precisa ser um dia de sofrimento. Faça dele uma ocasião especial e planeje fazer algo que você goste para se distrair e relaxar. É importante encontrar atividades alternativas que ajudem a lidar com o desejo de fumar, como praticar exercícios físicos, buscar apoio de amigos e familiares ou utilizar técnicas de relaxamento, por exemplo.

Lembrando que o processo de parar de fumar pode ser desafiador, mas é possível com determinação, paciência e suporte adequado. Procure auxílio médico, terapias de cessação do tabagismo ou grupos de apoio para aumentar suas chances de sucesso. Lembre-se de que a sua saúde e bem-estar estão em jogo, e tomar a decisão de parar de fumar é um passo importante para uma vida mais saudável.

Fonte: PCS

A ANS tem se empenhado em incentivar as operadoras de planos de saúde a implementarem programas de promoção da saúde e prevenção de riscos e doenças, incluindo a prevenção ao tabagismo. Um dos focos é a adoção do modelo de atenção primária em saúde, que busca proporcionar um cuidado integral aos beneficiários.

Entre as iniciativas destacadas está o Projeto OncoRede, que visa a oferecer um cuidado mais coordenado e de qualidade aos pacientes com câncer, e o incentivo às ações de Promoção de Saúde e Prevenção de Riscos e Doenças (Promoprev) pelas operadoras de planos de saúde. Atualmente, existem 633 programas desenvolvidos por 265 operadoras, alcançando mais de um milhão de beneficiários que participam dessas iniciativas. Dentre esses programas, estão incluídas ações para redução do tabagismo, prevenção do câncer de pulmão, da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) e para reabilitação da insuficiência respiratória.

O diretor de Desenvolvimento Setorial da ANS, Maurício Nunes, ressaltou a importância do PROMOPREV como uma ação significativa da agência, que busca promover mudanças de hábitos no presente, garantindo um futuro com mais bem-estar e melhor qualidade de vida. O foco na prevenção é essencial para o cuidado com a saúde dos beneficiários de planos de saúde.